Promom Rótulos

Os rótulos e etiquetas para alimentos são itens essenciais e que devem ser feitos através de materiais de qualidade. Isso porque, é por meio deles que o cliente poderá ver mais sobre o seu produto. 

Isso inclui os ingredientes, data de validade e outros dados. Além disso, também é preciso que tem um bom design para chamar a atenção. Ficou curioso para saber mais? Então continue lendo esse conteúdo! 

Rótulo e etiquetas para alimentos 

Rótulo e etiquetas para alimentos

Os rótulos e etiquetas adesivas são usados para todos os tipos de alimentos. Dessa forma, como dito acima, é preciso que o material dos rótulos e etiquetas sejam duráveis. 

Pois, assim não se deteriora mediante alguns fatores, além da exposição de temperatura variadas e até mesmo a umidade. Caso contrário, as informações serão ilegíveis, o que prejudica a sua venda. 

A PROMOM oferece ao mercado um material diferenciado para utilização em rótulos autoadesivos. Trabalhamos com o Poliestireno Alto Impacto, com adesivo acrílico 30 gr, ideal para utilizar em contato direto e indireto com alimentos. 

Regras da Anvisa para a criar rótulos e etiquetas de alimentos 

Regras da Anvisa para a criar rótulos e etiquetas de alimentos

Antes de fazer a sua etiqueta para alimentos, é preciso estar atento quanto as regras da Anvisa. De acordo com as suas normas, o tamanho das letras dos rótulos e etiquetas, assim como os números, devem ter tamanho igual ou superior a 1mm. 

Enquanto os itens que devem estar presentes nos rótulos e etiquetas são os seguintes: 

Lista de ingredientes 

É preciso que tenha uma lista com todos os ingredientes que compõem o alimento e, além disso, também devem estar em ordem decrescente. Isso significa que em primeiro lugar vem os componente de maior quantidade até o de menor. 

No entanto, certos produtos que são compostos apenas por um ingrediente, não precisam ter essa lista, como é o caso do sal, açúcar, feijão, etc. 

Origem do produto 

Também é preciso que tenha qual o local de origem do alimento. Ou seja, o endereço de fabricação, além dos meios de contato da empresa. 

Lote e prazo de validade 

As regras da Anvisa também exigem que produtos cujo prazo de validade sejam menores que três meses, precisam conter o dia, mês e ano de vencimento. Para os demais produtos, apenas o mês e ano são precisos. 

Conteúdo líquido 

Para bebidas e demais conteúdos líquidos, é preciso que tenha a quantidade no rótulo. Seja em massa (gramas ou quilos) ou em volume (mililitros ou litros). 

Informações nutricionais 

Para a maioria dos alimentos, é preciso que tenha uma tabela com informações nutricionais, tais como: 

  • Valor calórico; 
  • Quantidade de carboidratos; 
  • Proteínas; 
  • Gorduras; 
  • Sódio; 
  • Entre outros. 

Atributos nutricionais complementares 

Esse tipo de informação pode ser colocada para pessoas que tenham alguma restrição alimentar ou alguma doença. Para assim destacar caso um alimento tenha glúten, se é light ou diet, etc. 

Informações sobre alergênicos 

Outra informação crucial que deve constar em seus rótulos e etiquetas, é sobre a lista de possíveis ingredientes alergênicos. Segundo as regras do órgão fiscalizador, há 17 tipos de ingredientes que devem ser listados, caso estajem no produto: 

  • Trigo; 
  • Crustáceos; 
  • Ovos; 
  • Peixes; 
  • Amendoim; 
  • Soja; 
  • Lactose; 
  • Avelã; 
  • Amêndoa; 
  • Castanha do Pará; 
  • Castanha de caju; 
  • Nozes; 
  • Macadâmia; 
  • Pistache; 
  • Castanhas em geral; 
  • Pinoli; 
  • Látex natural. 

Como fazer rótulos e etiquetas para alimentos? 

Mas, afinal, como fazer rótulos e etiquetas para alimentos? Essa é uma das principais dúvidas entre as pessoas que desejam gerar etiquetas e rótulos para os seus produtos, mas não sabem como. 

Há vários meios onde você pode criar uma etiqueta ou rótulo. Você pode, por exemplo, criar por conta própria, usando ferramentas para essa finalidade. 

O Canva é um site que permite que você mesmo crie as suas etiquetas e rótulos, basta acessar o site e seguir os passos para criar. Além disso, também tem como criar rótulos e etiquetas usando a ferramenta do Microsoft Word. 

No entanto, essas opções, embora sejam mais em conta, podem dar um certo trabalho, ainda mais para quem não tem experiência. Por isso, o mais recomendado é contratar os serviços de uma empresa especializada no assunto. 

No mercado, há muitas que atuam nesse ramo, como é o caso da Promom. Essa empresa é especializada em criar rótulos e etiquetas para os seus produtos, dessa forma você não precisará se preocupar com nada. 

Sem dúvida, é uma opção muito mais simples e eficaz, pois a empresa é responsável por todo o processo. Desde a ajudá-lo a escolher o material mais adequado, de acordo com sua necessidade, até o processo de criação. 

Além disso, tudo é feito sob as normas vigentes da Anvisa, ou seja, tudo dentro das regras para evitar que você tenha dores de cabeça. 

Conclusão 

Regras da Anvisa para a criar rótulos e etiquetas de alimentos

Agora você já sabe como fazer rótulos e etiquetas de alimentos, já poderá começar a criar etiquetas para os seus produtos. Lembre-se apenas de seguir todas as normas, para que o seu produto esteja sob as regras da Anvisa. 

Como você pôde ver, é mais fácil contratar os serviços de uma empresa que domina a área, do que tentar fazer por conta própria, apesar de ser mais em conta. Por fim, o que você achou desse conteúdo? Foi útil para você? Deixe o seu comentário! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Falar com o atendimento

Clique para chamar